Arquivo

Archive for fevereiro \28\UTC 2007

Windows Movie Maker – aula 3

28 de fevereiro de 2007 Deixe um comentário
Nesta aula conheceremos alguns pequenos truques para edição de vídeo.
 
Relembrando que na área de trabalho do Windows Movie Maker, no lado esquerdo temos as tarefas disponíveis (se não estiver sendo exibida, clique em TASKS na Barra de Ferramentas padrão), no centro a área das coleções [onde cada um dos objetos que inserirmos é exibido, sendo uma cifra para arquivos de música, uma miniatura para arquivos de imagens, e uma miniatura do primeiro quadro sobre um molde de película para arquivos de vídeo], no lado direito é exibido um preview do nosso vídeo, e na área de baixo será exibida a Storyboard ou então a TimeLine de nosso vídeo.
Para inserir imagens estáticas com um tempo diferente dos 5 segundos padrão, vá em Tools, Options, e Advanced.
 
Detalhes sobre a inserção de um vídeo
 
  • Alguns vídeos são naturalmente fragmentados em capítulos, e quando inserimos ele na nossa coleção, aparecerão as suas partes, como Vídeo 001, Vídeo 002, Vídeo 003, etc. Se quisermos remontar o vídeo para edição, será necessário arrastar todos eles novamente para a nossa TimeLine.
  • Quando inserimos um vídeo, ao mudar para TimeLine e clicar no ícone + ao lado, o vídeo será ‘dividido’ na exibição, mostrando a área de cenas, a área de títulos e legendas do vídeo, e a área de áudio do vídeo.
  • Se quisermos omitir o áudio do vídeo, clicamos com o botão direito na área de música do vídeo, e escolhemos Mute (Mudo). As ranhuras que indicam o som (canais L e R do áudio) serão nivelados a uma linha simples, indicando que a música existe mas não será tocada.
  • Não é possível cortar o vídeo e manter a sua música, a menos que arrastemos a música para a ‘canaleta’ áudio e inserimos o vídeo novamente na área Vídeo de nossa TimeLine. Ou então usemos da opção de Copiar/Colar sobre a música do vídeo.
  • A separação da música do clip para ser usada posteriormente pode ser feita por programas específicos (como os citados na aula 2) ou então da forma como mostrada no item anterior, arrastando o vídeo (fragmentado) para a área de Audio (música somente).
  • Se quisermos inserir uma pausa no meio de nosso vídeo, precisamos arrastar ele duas vezes para a área de edição, e então cortar a primeira parte, arrastar a segunda parte para adiante (deixando um vão entre elas) e cortar a segunda parte.

Detalhes sobre a inserção de músicas

  • A música inserida pode ser cortada para manter os trechos desejados. Para tanto podemos usar o mouse e arrastar os limites inicial e final dela para a posição desejada.
  • Ou então, podemos clicar com o mouse no local de corte desejado e no menu Clip escolher a opção Set Start (início) ou Set End (final) para cortar neste ponto.
  • O nível de detalhe da sua TimeLine não é muito preciso, e apesar da idéia de 60 quadros por segundo, não conseguimos pelo Movie Maker fazer a edição tão detalhada assim.
  • Se desejamos que um refrão da música se repita, precisamos inserir a música mais de uma vez, e nas cópias inseridas proceder com o corte adequado. Após o corte ter sido realizado, se quisermos poderemos copiar e colar este refrão várias vezes, respeitando a sequência da linha de tempo para áudio.
  • Não é possível, com apenas um sistema em execução, executar duas músicas simultaneamente. A maioria dos aplicativos não permite que outros recursos do computador sejam executados quando uma música estiver sendo executada. Claro que existem excessões, como o FLVPlayer que é capaz de produzir (de forma inaudível) a execução de duas músicas simultaneamente.

Criação de legendas para o filme

  • O primeiro passo é digitar o texto através da opção Make title or credits do painel de tarefas Edit Movie.
  • Clique no item ‘Change title animation’, e se desejar que a legenda apareça na parte inferior da tela, escolha o item Subtitle. Veja que existem muitas opções disponíveis.
  • Se não houver vídeo em exibição, a inserção de legendas ocorre na ‘canaleta’ de vídeo. Se houver, ela será inserida na área apropriada. Arraste os limites do quadro inserido para acompanhar o tempo de exibição da imagem desejado.
  • Se quiser deixar trechos do filme sem legenda alguma, arraste os quadros criando espaços vazios na TimeLine entre um quadro de legenda e outro.

Legendar uma música

  • Colocar uma legenda de tradução ou simplesmente a letra da música na tela, acompanhando o som que estiver sendo executado é bem simples.
  • O primeiro passo é inserir o texto através da opção Make title or credits do seu painel de tarefas Edit Movie. Se quiser embaixo da imagem, escolha a animação Subtitle, conforme citado no item anterior.
  • Arraste a legenda para a área adequada e dimensione para acompanhar (sincronizar) com a execução da música.

Legendar uma música e ilustrar ela, criando um videoclipe

  • Faça o procedimento descrito no tópico anterior para inserir as legendas.
  • Insira imagens (ou vídeos com som mudo) para ilustrar a música, e através das opções de corte, edite o tempo de duração de exibição da imagem para acompanhar a música adequadamente.
  • Este processo pede um pouco de paciência, mas o efeito final do vídeo é estimulante.

Salvando e exportando o vídeo produzido

  • O formato WMM só pode ser executado em computador que tenha o Movie Maker, ou seja, com Windows XP. Se o micro é Windows 2000, ele não pode abrir o arquivo WMM, portanto precisará salvar o vídeo antes de exibir.
  • Na região Finish Movie, escolha a opção Salvar em Meu Computador.
  • Defina um título para o vídeo e o local de salvamento
  • Na tela seguinte você pode determinar a qualidade do vídeo (de 38kbps até 2Mbps) manualmente ou deixar que o Windows Movie Maker selecione a melhor opção.
  • Poderá ainda se quiser, determinar o espaço máximo que o vídeo usará em disco, e o Movie Maker se encarrega de determinar a taxa de qualidade dele.
  • O vídeo será salvo no formato WMV, compatível com os Windows Media Player de outras versões do Windows.
Categorias:Uncategorized

Doação grátis, virtualmente você pode ajudar !!!

18 de fevereiro de 2007 1 comentário
A cada clique diário, recursos financeiros e materiais são pagos por patrocinadores para apoiar diversas causas ao redor do mundo, e no Brasil também. Colabore, fazendo a sua doação virtual, é grátis. Cyberativista, eu? Pode até ser que sim. "Pela preservação da vida, inclusive a sua." – lema da WWF
 
Efetuando o cadastro virtual…
* http://www.amazoniaparasempre.com.br – Abaixo Assinado pela preservção da Floresta Amazônica
* http://www.clickarvore.com.br – semelhante ao anterior
* http://www.stopthesealhunt2007.com – abaixo assinado pela preservação das focas do Canadá.

Com apenas um clique…

* http://www.theanimalrescuesite.com – a cada clique diário, recursos são pagos por patrocinadores para a alimentação de animais abandonados.

* http://eptv.globo.com/nutron/index.htm – colaborando com a alimentação dos cães e gatos mantidos pela UPA Campinas.

* http://www.therainforestsite.com os cliques diários contribuem para a preservação de áreas de floresta que já existem e estão sendo ameaçadas de devastação.

* http://www.tree4life.com – a cada clique, recursos são pagos por patrocinadores para o plantio de árvores

* http://www.thehungersite.com – a cada clique diário, recursos são pagos por patrocinadores para a alimentação de pessoas com fome no mundo.
* http://www.theliteracysite.com  – a cada clique diário, recursos são pagos por patrocinadores para a aquisição e distribuição de livros para crianças carentes.
* http://www.thebreastcancersite.com– a cada clique diário, recursos são pagos por patrocinadores para os custos de exames de mamografia para detecção precoce do câncer de mama (âmbito mundial).

* http://www.cancerdemama.com.br – idem anterior, âmbito nacional.
* http://www.thechildhealthsite.com – a cada clique diário, recursos são pagos por patrocinadores para os custos de exames de detecção de doenças que podem levar a mortalidade infantil.
* http://www.porloschicos.com/PorLosChicos.NET/ – doação de alimentos para crianças necessitadas nas regiões latinas, em especial na Argentina.
* http://www.fundamar.com/port_br/ – projeto Fazenda Escola Fundamar, sul de MG, para crianças da zona rural terem educação de qualidade
* http://www.cliquesemiarido.org.br/ – para que famílias do semi-árido tenham água de qualidade o ano todo para sua saúde e sobrevivência
* http://www.dameunacasa.com/index2.html – para a construção de moradias para famílias necessitadas da Colômbia.
Categorias:Uncategorized

Como recuperar o histórico de Internet quando uma pessoa apaga?

16 de fevereiro de 2007 23 comentários
Quando um arquivo é deletado, ele não é removido definitivamente. A sua entrada no índice do disco é modificada, e para todos os comandos do computador, ele não existirá. Antes, quando era DOS 5 e 6.22, podíamos ver isto facilmente com o comando UNDELETE, onde o arquivo tem a primeira letra trocada pelo $. Então o DOC1.DOC fica $OC1.DOC, e o Windows Explorer, os programas do Windows simplesmente ignoram ele na entrada do índice.
A recuperação de dados só é possível se as entradas do arquivo ainda existirem no disco. Um arquivo, quando está gravado no disco, é dividido em clusters e setores. Se apagamos um arquivo, e a seguir gravamos algo no disco, a possibilidade de alguns destes setores serem escritos é grande, tornando a recuperação impossível.
 
Na internet existem diversos programas que fazem a recuperação de dados. Dentre os que usei, o GetDataBack for NTFS e o seu similar para FAT32, o GetDataBack for FAT foram os melhores. Estes programas são pagos, e a versão demo apenas recupera um arquivo ou só mostra os que poderiam ser recuperados pela versão completa (paga).

Mas como evitar que a pessoa faça a deleção (limpeza dos arquivos temporários do Internet Explorer)? Ou seja, em uma rede (ou até mesmo em um micro isoladamente), como evitar que a pessoa esvazie os arquivos registrados?
Para tal ação, podemos usar as propriedades de segurança NTFS das pastas, desde que não sejam administradores do micro, apenas usuários comuns.

  • Acesse o computador como administrador;
  • Sendo Windows XP, acesse Documents and Settings, a seguir a pasta do usuário, e em seguida Configurações Locais, Temp.
  • Clique na pasta com o botão direito e peça Propriedades.
  • Acesse a guia Segurança.
  • Clique no usuário da pasta, e não permita a exclusão de arquivos.

Desta forma, a pessoa pode até tentar remover os arquivos, seja via Internet Explorer ou através do Windows Explorer, mas não conseguirá.

Categorias:Uncategorized

Como configurar as datas de horário de verão para o Brasil

16 de fevereiro de 2007 Deixe um comentário

Esta página é uma reprodução do artigo 317211 da Base de Conhecimento Microsoft e ensina você a configurar o Microsoft Windows para a mudança correta da hora do sistema operacional de acordo com o período estabelecido pelo governo brasileiro para o ano corrente. O artigo original encontra-se em http://support.microsoft.com/kb/317211/pt-br. Originalmente publicado em http://www.microsoft.com/brasil/technet/suporte/verao.mspx

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

O download da atualização que trata as alterações no horário de verão de 2007 podem ser obtidas a partir do artigo 931836 da Base de Conhecimento Microsoft.

Leia o artigo sobre dispositivos móveis caso você deseje saber mais sobre configuração de horário de verão para dispositivos baseados no Windows Mobile.

Este artigo contém informações sobre como modificar o Registro. Faça um backup do Registro antes de modificá-lo. Verifique se sabe como restaurá-lo caso ocorra algum problema. Para obter informações adicionais sobre como fazer backup, restaurar e modificar o Registro, acesse o artigo 256986 da Base de Conhecimento da Microsoft.

A informação contida neste artigo aplica-se a:

Microsoft Windows Server 2003 Enterprise Edition

Microsoft Windows Server 2003 Standard Edition

Microsoft Windows XP Professional Edition

Microsoft Windows XP Home Edition

Microsoft Windows 2000 Server

Microsoft Windows 2000 Advanced Server

Microsoft Windows 2000 Professional Edition

Microsoft Windows 98 Second Edition

Microsoft Office Outlook 2003

Microsoft Outlook 2002 Standard Edition

Microsoft Outlook 2000 Standard Edition

Microsoft Outlook 98 Standard Edition

Microsoft Outlook 97 Standard Edition

Sumário

Observe que essas informações alteram todo ano e o conteúdo desse artigo será atualizado conforme necessário. Os clientes que desejam atualizar o fuso horário usando os arquivos do Registro devem testar a solução por completo antes de implantá-la.

O Brasil não usa datas de horário de verão estáticas. As datas de início e de fim para o horário de verão no Brasil são diferentes a cada ano. Nos produtos da Microsoft listados na seção "Aplica-se a" desse artigo, Brasília (GMT -3:00) é o fuso horário padrão para o Brasil. Esse artigo explica como modificar o comportamento padrão das datas de início e de fim do horário de verão para o fuso horário (GMT -3:00) Brasília no Windows, de modo a refletir as datas de início e de fim do horário de verão atual para o Brasil.

As datas padrão de início e fim do horário de verão para o fuso horário (GMT -3:00) Brasília no Windows são da seguinte maneira:

O horário de verão começa às 02:00 no terceiro domingo de outubro.

O horário de verão termina às 02:00 no segundo domingo de fevereiro.

As datas de início e de fim do horário de verão real implementadas no Brasil para os anos de 2005 a 2006 são as seguintes:

O horário de verão começa em 16 de outubro de 2005.

O horário de verão começa em 16 de outubro de 2005.

Os estados inclusos são Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Usando as configurações de fuso horário padrão (GMT -3:00) Brasília, os computadores com o Windows nos estados brasileiros afetados do Brasil não interpretam corretamente o horário relacionado à transição para o horário de verão. Execute um dos seguintes métodos para modificar o comportamento padrão desse fuso horário no Windows de modo a refletir corretamente as datas reais do horário de verão.

Para obter informações adicionais sobre as datas de início e fim do horário de verão de 2005 e 2006, consulte o seguinte site brasileiro: Ministério de Minas e Energias (http://www.mme.gov.br).

Use a ferramenta Time Zone Editor (Tzedit.exe)

Use o Time Zone Editor (Tzedit.exe) para configurar as novas datas de início e de fim do horário de verão para o fuso horário de Brasília. Essa ferramenta está incluída no Resource Kit para a sua versão do Microsoft Windows.

Método 1: Configurar manualmente as datas do horário de verão

É possível modificar manualmente as configurações de fuso horário usando o Tzedit.exe. Execute esse método se você precisar configurar as datas do horário de verão em diversos computadores. Para fazer isso, execute as seguintes etapas:

1.

Inicie o Time Zone Editor.’

3.

Na lista Time Zones, clique em (GMT -3:00) Brasília e em Edit.

4.

Na caixa de diálogo Edit Time Zone, marque a caixa de seleção Automatically set Daylight Saving Time.

5.

Especifique as datas corretas de início e de fim do horário de verão. Na caixa Start Day, clique no número do dia que deseja. Por exemplo, clique em Second. Clique no dia correspondente da semana que deseja. Por exemplo, clique em Sunday. Clique no mês que deseja. Por exemplo, clique em October. Selecione o horário de início do horário de verão. Por exemplo, selecione 12:00 AM.

6.

Na caixa Last Day, clique no número do dia que deseja. Por exemplo, clique em Last. Clique no dia correspondente da semana que deseja. Por exemplo, clique em Sunday. Clique no mês que deseja. Por exemplo, clique em February. Selecione o horário de término para o horário de verão. Por exemplo, selecione 12:00 AM.

7.

Na lista Daylight Bias, selecione a quantidade de horas que deseja alterar quando o horário de verão estiver em vigor. Por exemplo, para configurar o relógio para avançar 1 hora, mantenha a configuração padrão de +1:00.

8.

Clique em OK e em Fechar.

9.

Clique em Iniciar, aponte para Configurações, para Painel de controle e clique duas vezes em Data e hora.

10.

Clique na guia Fuso horário.

11.

Selecione um fuso horário diferente de (GMT -3:00) Brasília e clique em Aplicar.

12.

Clique em (GMT -3:00) Brasília e em OK. Observação: As etapas 10 e 11 são necessárias para que as novas alterações tenham efeito.


Método 2: Exportar as informações da chave do Registro

Aviso: Problemas sérios podem ocorrer se você modificar o Registro incorretamente usando o Editor do Registro ou outro método. Esses problemas podem exigir a reinstalação do sistema operacional. A Microsoft não garante que esses problemas possam ser resolvidos. A modificação do Registro é de sua responsabilidade.

É possível implantar as novas configurações de fuso horário exportando as chaves do Registro que armazenam as informações de fuso horário para um arquivo .reg e usar esses arquivos para atualizar o Registro de outros computadores. Para fazer isso, execute as seguintes etapas:

1.

Execute as etapas de 1 a 11 da seção "Método 1: Configurar manualmente as datas do horário de verão" desse artigo para modificar as datas de início e de fim do horário de verão para o fuso horário de Brasília.

2.

Teste para verificar se as informações de fuso horário estão atualizadas corretamente.

3.

Clique em Iniciar e em Executar.

4.

Na caixa Abrir, digite regedit e clique em OK.

5.

Na janela do Editor do Registro, execute uma das seguintes ações, de acordo com o sistema operacional que está executando:

Se estiver executando o Microsoft Windows XP, o Microsoft Windows 2000 ou o Microsoft Windows Server 2003, localize e clique na seguinte chave do Registro: HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindows NTCurrentVersionTime ZonesE. South America Standard Time

Se estiver executando o Microsoft Windows 98, o Microsoft Windows 98 Segunda Edição ou o Microsoft Windows Millennium Edition (Me), localize e clique na seguinte chave do Registro: HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindowsCurrentVersionTime ZonesE. South America

6.

No menu Registro (ou Arquivo), clique em Exportar arquivo do Registro (ou Exportar).

7.

Na caixa de diálogo Exportar arquivo do Registro que aparece, clique em Desktop na caixa Salvar em, digite Fusos_horários na caixa Nome do arquivo e clique em Salvar.

8.

Localize e clique na seguinte chave do Registro: HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMCurrentControlSetControlTimeZoneInformation

9.

No menu Registro (ou Arquivo), clique em Exportar arquivo do Registro (ou Exportar).

10.

Na caixa de diálogo Exportar arquivo do Registro que aparece, clique em Desktop na caixa Salvar em, digite tzinfo na caixa Nome do arquivo e clique em Salvar.

11.

Feche o Editor do Registro.

12.

Copie os arquivos fusos_horários.reg e Tzinfo.reg criados na etapa 7 e na etapa 10 para os computadores nos quais deseja atualizar as configurações de fuso horário com as configurações das novas datas de horário de verão.

13.

Nos computadores de destino, clique duas vezes nos arquivos fusos_horários.reg e Tzinfo.reg.

14.

Clique em Sim quando for solicitado para adicionar as informações ao Registro.

15.

Clique em OK ao receber a mensagem afirmando as informações foram inseridas com êxito no Registro.

16.

Reinicie o computador.


Método 3: Usar um script de logon

Para usar esse método, você deve seguir as etapas no Método 2 para criar os arquivos do Registro que serão usados no script de logon. Para fazer isso, adicione o seguinte exemplo de código a um script de logon:

	if "%OS%" == "Windows_NT" goto NT_OS 
	regedit /s z:<Win9x.reg file> 
	
	goto TZEND 
	
	:NT_OS 
	regedit /s %LogonServer%NETLOGON<NT.reg file> 
	
	: TZEND
	

Observação: Para usar os métodos 2 e 3 em computadores que executam o Windows XP, o Windows 2000 ou o Windows Server 2003, o usuário que faz as alterações no Registro deve ter permissão administrativa no computador ou as permissões da chave do Registro corretas.


Como atualizar as permissões da chave do Registro

Por padrão, em um computador com o Windows 2000 ou com o Windows XP, os usuários de domínio não possuem permissões de gravação para as seguintes chaves do Registro: HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindows NTCurrentVersionTime ZonesE. South America Standard Time

HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMCurrentControlSetControlTimeZoneInformation

Se os usuários não possuírem as permissões para essas chaves, eles não serão capazes de atualizar as informações do Registro usando o procedimento de script de logon. Para atribuir permissões a essas chaves, execute as seguintes etapas:

1.

Leia os seguintes artigos com atenção para entender os utilitários e os processos:

180546 – Atualizações automáticas para membros de grupos locais

264584 – Como alterar valores ou permissões do Registro a partir de uma linha de comando ou de um script

245031 – Como usar um certificado para alterar as permissões do Registro da linha de comando

2.

Use os procedimentos explicados no artigo Q180546 para criar um processo em lotes para atualizar as chaves do Registro em todos os servidores e estações de trabalho que fazem parte do domínio especificado por você. Lembre-se que esse processo pode ser usado para muitas outras coisas. A ação a ser realizada em cada computador está em Sub3.bat. Nesse caso, você usa o utilitário Regini.exe para atribuir permissões Todos têm controle total sobre duas chaves do Registro. Também é possível usar o Regini.exe para fazer as alterações nas chaves do Registro em vez de usar um script de logon. Consulte o artigo 264584 para obter informações adicionais.

A seguir estão exemplos de arquivos em lote.

Nome do arquivo: INSUSER.BAT (arquivo bat inicial)

	set CurrentDomain=nicdome1 
	echo off 
	cls 
	if (%CurrentDomain%) == (mydomain) echo Edit the first line of INSUSER.BAT. 
	if (%CurrentDomain%) == (mydomain) echo then rerun INSUSER.BAT 
	if (%CurrentDomain%) == (mydomain) goto verybottom 
	rem *** Display current variable settings *** 
	echo Current domain is %CurrentDomain%. 
	echo. 
	rem *** Determine if working list is present *** 
	If exist working.txt echo Working list detected, resuming batch process. 
	If exist working.txt goto SkipCreateList 
	echo Creating a list of member servers in %CurrentDomain%. 
	echo. 
	netdom /d:%CurrentDomain% member > workingM.txt 
	netdom /d:%CurrentDomain% bdc > workingDC.txt 
	rem *** Remove NETDOM formatting from server names *** 
	if exist temp.txt del temp.txt 
	for /F "skip=6 delims= tokens=2" %%a in (workingM.txt) do call sub1.bat %%a 
	for /F "skip=6 delims= tokens=2" %%a in (workingDC.txt) do call sub1.bat %%a 
	del workingM.txt 
	del workingDC.txt 
	ren temp.txt working.txt 
	
	:SkipCreateList 
	rem *** Determine if machine is online *** 
	if exist online.txt del online.txt 
	
	for /F "delims=\ tokens=1" %%a in (working.txt) do call sub2.bat %%a 
	rem *** Remove servers that have been processed from WORKING.TXT *** 
	if not exist online.txt goto NoServersOnline 
	echo. 
	echo Updating list of servers that need to be processed. 
	for /F "delims= tokens=1" %%a in (online.txt) do call sub4.bat %%a 
	echo List complete. 
	goto Bottom 
	
	:NoServersOnline 
	Echo. 
	Echo There are no servers currently online that can be processed. 
	
	:Bottom 
	echo. 
	echo ------------------------------------ 
	echo --- Finished processing servers. --- 
	echo ------------------------------------ 
	
	:verybottom
	

Nome do arquivo: SUB1.BAT

rem *** Remove formatting from Netdom output ***
echo %1 >> temp.txt
  
File name: SUB2.BAT
echo Pinging %1...
ping %1 > PING.TXT
for /F "skip=6 tokens=4" %%a in (PING.TXT) do call sub3.bat %%a %1
del PING.TXT

File name: SUB3.BAT
rem *** If server is online it will be logged in online.txt for ***
rem *** processing later.                                       ***
rem ***    %2 is a bogus variable, thrown away.
if not (%1) == (bytes) goto NotOnline
echo %3 >> ONLINE.TXT
echo [%3 is online.]
rem ***********************************************
rem *** Put per-server processing commands here ***
rem ***********************************************

ECHO Changing Registry Key permissions on %3.
ECHO *** \%3 *** >> local.log

Regini  -m \%3 regacl.ini > nul

rem *****************************************************
rem *** Put per-server processing commands above here ***
rem *****************************************************

goto Sub3Bot
:NotOnline
:Sub3Bot
	

Nome do arquivo: SUB4.BAT

rem *** loop thru each name in working.txt and remove servers that were   ***
rem *** in online.txt  ***

echo Removing %1 from list.
if exist temp.txt del temp.txt
for /F "tokens=1" %%a in (working.txt) do call sub5.bat %%a %%1
del working.txt
if exist temp.txt ren temp.txt working.txt
	

Nome do arquivo: SUB5.BAT

rem *** Filter out servers that have been updated ***
rem %1 is name from working.txt
rem %2 is name from online.txt
if (%1) == (%2) echo %1 >> complete.txt
if not (%1) == (%2) echo %1 >> temp.txt
	

Observação: O arquivo Regacl.ini possui duas chaves: E. South America Standard Time e Hor. padrao America Sul (Leste). As duas chaves serão necessárias apenas se você tiver uma combinação dos Windows em inglês e em português do Brasil, respectivamente.

Nome do arquivo: REGACL.INI

	RegistryMachineSOFTWAREMicrosoftWindows NTCurrentVersionTime ZonesE. South America Standard Time [1 5 7 11 14 17]
	RegistryMachineSOFTWAREMicrosoftWindows NTCurrentVersionTime ZonesHor. padrao America Sul (Leste) [1 5 7 11 14 17] 
	RegistryMachineSYSTEMCurrentControlSetControlTimeZoneInformation [1 5 7 11 14 17]
	

Use o utilitário de atualização do horário de verão (Timezone.exe)

Use o utilitário de atualização do horário de verão (Timezone.exe) para atualizar as datas de início e fim do horário de verão para o fuso horário atual no Registro. Essa ferramenta de linha de comando está incluída no Resource Kit para a sua versão do Windows.

Observação: Esse utilitário atualiza as informações de horário de verão apenas para o fuso horário atual, que é armazenado na seguinte chave do Registro: HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMCurrentControlSetControlTimeZoneInformation. Ele não altera a definição padrão do fuso horário que é armazenado na chave do Registro.


Windows XP, Windows 2000 e Windows Server 2003

HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindows NTCurrentVersionTime Zones


Windows 9x e Windows Me

HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindowsCurrentVersionTime Zones
Isso significa que se, posteriormente, você alterar o fuso horário usando a ferramenta Data e hora no Painel de controle, as datas de início e de fim do horário de verão para o fuso horário que você modificou serão redefinidas para os valores padrão.

Timezone.exe usa a seguinte sintaxe:
timezone /g /sstartdate enddate
Os parâmetros usados pelo Timezone.exe são da seguinte maneira:

/g exibe as informações de fuso horário atual.

hora especifica a hora em que a tarefa será executada. A hora é especificada como horas:minutos, com base no relógio de 24 horas. Por exemplo, 0:00 representa meia-noite e 20:30 representa 8:30 P.M.

StartDate EndDate define um novo fuso horário, no qual StartDate é a data na qual o horário de verão começa e EndDate é a data na qual o horário de verão termina.
StartDate e EndDate usam o formato Hora:Dia da semana:Dia:Mês , no qual:

Hora especifica a hora, usando um relógio de 24 horas. Use valores de 00 a 23. Por exemplo, 00 representa meia-noite e 20 representa 8:00 P.M.

Dia da semana especifica o dia da semana. Use valores de 0 a 6, no qual 0 representa Domingo, 1 representa Segunda e assim por diante.

Dia especifica a ocorrência do Dia da semana no mês, no qual 1 representa a primeira ocorrência, 2 representa a segunda e assim por diante. Por exemplo, se Dia da semana for domingo, 1 representará o primeiro domingo do mês e 3 representará o terceiro domingo do mês.

Mês especifica o mês. Use valores de 01 a 12, no qual 01 representa janeiro, 02 representa fevereiro e assim por diante.

Método 1: Configurar manualmente as datas do horário de verão

A seguir está um exemplo de como usar o Timezone.exe para configurar novas datas de início e de fim do horário de verão.

Digite a seguinte linha em um prompt de comando e pressione ENTER:
timezone /s 00:0:2:10 00:0:3:02
O horário de verão para o fuso horário atual está configurado para iniciar às 12:00, meia-noite, no segundo domingo de outubro (00:0:2:10) e terminar às 12:00, meia-noite, no terceiro domingo de fevereiro (00:0:3:02).


Método 2: Usar um script de logon

É possível usar o Timezone.exe em um script de logon se quiser automatizar o processo de atualização das novas datas de início e de fim do horário de verão para diversos computadores. Adicione o seguinte código de exemplo a um script de logon para atualizar um computador com o Windows 2000 ou com o Windows XP usando o Timezone.exe:

if "%OS%" == "Windows_NT" goto NT_OS
   z:Timezone /s 02:0:2:10 00:0:3:02
  goto TZEND

 :NT_OS
   %LogonServer%NETLOGONTimezone /s 02:0:2:10 00:0:3:02

:TZEND
	

Observação: Em computadores que estiverem executando o Windows XP, o Windows 2000 ou o Windows Server 2003, o usuário que faz as alterações no Registro deverá ter permissão administrativa no computador ou as permissões de chave do Registro corretas.

Use o Visual Basic para alterar as informações de fuso horário programaticamente

Para obter informações adicionais sobre como usar o Visual Basic para alterar as informações de fuso horário programaticamente, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:

221542 – Como alterar o fuso horário utilizando o Visual Basic

Mais Informações

No Microsoft Windows 98, no Windows 98 Segunda Edição e no Windows Millennium Edition (Me), as informações de fuso horário são armazenadas na seguinte chave do Registro:
HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindowsCurrentVersionTime Zones

No Microsoft Windows XP, no Windows 2000 e no Windows Server 2003 as informações de fuso horário são armazenadas na seguinte chave do Registro:
HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindows NTCurrentVersionTime Zones

As configurações de data e hora atuais configuradas no computador estão localizadas na seguinte chave do Registro:
HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMCurrentControlSetControlTimeZoneInformation

Referências

Para obter informações adicionais sobre como usar o Time Zone Editor (Tzedit.exe), clique nos números abaixo para ler os artigos na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:

158195 – Um editor de fuso horário está disponível no CD-ROM do Service Release 2 OEM

194364 – A aplicação do Timezone.exe não está incluída no Resource Kit

Para obter informações adicionais sobre como o Microsoft Outlook gerencia o agendamento de reuniões e compromissos em relação às configurações do fuso horário, clique nos números abaixo para ler os artigos na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:

195900 – OL2000: Como o Outlook controla os fusos horários para solicitações de reuniões

197480 – OL2000: Como alterar os fusos horários sem alterar os horários de compromissos

195593 – OL2000: Desativando o ajuste do fuso horário para compromissos importados

Para obter informações adicionais sobre os Resource Kits do Windows 2000 consulte o seguinte site da Microsoft (em inglês):
http://www.microsoft.com/windows/reskits/default.asp

Categorias:Uncategorized

Windows Movie Maker – aula 2

16 de fevereiro de 2007 1 comentário
.
Dicas de construção de vídeo e concurso cultural da Olhar Digital – http://olhardigital.uol.com.br/centralvideos.php?VideoID=942
 
Como montar o meu vídeo?
Para começar, use as opções ‘Import vídeo…’, ‘Import pictures…’ e ‘Import audio…’ para inserir os seus arquivos de vídeo, imagens e áudio na coleção atual do Windows Movie Maker (tela central da área de trabalho). Após inserir o objeto em sua coleção, você poderá adicionar eles na sua Storyboard na ordem que desejar.
 
Após a inserção das imagens, o que pode ser editado no Storyboard?
Esta área é destinada a colocação de imagens e vídeos. Após a inserção, poderemos inserir efeitos de vídeo (Video effects) arrastando o efeito desejado para sobre o quadro da imagem/vídeo. E também arrastarmos os efeitos de transição (Transictions effects) para os pequenos quadro entre os quadros maiores das imagens/vídeos já inseridos.
 
E as músicas?
A inserção das músicas é realizada na linha do tempo (Timeline), com o mesmo procedimento, arrastando a música que está na sua coleção para a área de Timeline.
 
A música está muito grande, só quero um trecho, o que fazer?
Após inserir a música na Timeline, ao clicar uma vez nela aparecerão barras de edição no início e no final dela. Você pode, com o cursor do mouse, arrastar estas barras para cortar a música, a partir do início, ou a partir do final ou em ambas as extremidades. Se quer somente o trecho de 00:50 até 01:45, arraste as barras limites apropriadamente.
 
Preciso colocar dois trechos distintos de um vídeo no meu novo arquivo, como fazer?
Usando a área de Collections, insira o vídeo duas vezes. Mude para a Timeline, e clique na primeira cópia do vídeo. Assim como foi feito com a música, arraste as barras limites até os pontos desejados. Faça o mesmo com a segunda cópia do vídeo, desta vez, editando apenas o segunto trecho desejado.
 
Preciso colocar títulos no início do filme, como fazer?
Todos os títulos do início do filme podem ser inseridos através da opção Insert credits and titles… da barra de edição de vídeo. São 5 opções distintas. A primeira, insere os títulos no início do filme. A segunda insere no início da cena. A terceira insere na cena atual. A quarta opção insere após a cena atual, antes da próxima cena ser mostrada. E a quinta opção são os créditos finais, inseridos no final do filme.
Categorias:Uncategorized

Windows Movie Maker – aula 1

13 de fevereiro de 2007 Deixe um comentário

Formatos de arquivos e algumas dicas para conversão de formatos
O Windows Movie Maker pode trabalhar com arquivos de vídeo (formatos asf, .avi, .m1v, .mp2, .mp2v, .mpe, .mpeg, .mpg, .mpv2, .wm e .wmv), imagens (formatos .bmp, .dib, .emf, .gif, .jfif, .jpe, .jpeg, .jpg, .png, .tif, .tiff e .wmf) e sons (formatos .aif, .aifc, .aiff .asf, .au, .mp2, .mp3, .mpa, .snd, .wav e .wma). Estes arquivos podem ser inseridos em nossa coleção através da opção IMPORT VIDEO ou IMPORT PICTURES ou IMPORT AUDIO, respectivamente.

Podemos observar que o formato FLV (do site YouTube) não é importado pelo WMM. Portanto, devemos converter o vídeo para um formato reconhecido. Existem aplicativos que convertem FLV para MPEG, como por exemplo o Total Video Converter (disponível para download em http://www.filehungry.com/portuguese/product/windows_software/multimedia_&_graphics/multimedia_integration_tools/total_video_converter), outros copiam o vídeo do site e convertem diretamente, como o VDownloader (disponível para download em http://superdownloads.uol.com.br/download/132/vdownloader/), e em outros casos, existem sites especializados na separação do FLV disponível no site para o download ao usuário (como os sites listados em http://mediugorie.spaces.live.com/blog/cns!1E5807A6D5723B60!1035.entry).

Podemos observar que o formato CDA (dos CDs de música, Compact Disc Audio) não é importado pelo WMM. Portanto, devemos converter a música para um formato reconhecido. Existem aplicativos que converter as músicas para MP3 ou WAV, como por exemplo o CDex (disponível para download em http://sourceforge.net/projects/cdexos/). Para extrair o áudio de um CD comum de músicas, insira o CD de aúdio no drive. Feche o Windows Media Player, e execute o aplicativo CDex. Clique em Convert / Extract CD track(s) to WAV file (tecla F8). Apesar de ser possível extrair diretamente para o formato MP3, o Encounter vai trabalhar com o formato WAV apenas. O arquivo contendo a música será gravada na pasta padrão do sistema (normalmente My Musics).
Se desejar editar a música, ou seja, usar apenas um pedaço, ou ainda remixar o áudio antes de seu usado pelo WMM, podemos usar o programa Encounter 2003 (disponível para download em http://superdownloads.uol.com.br/download/i31271.html). Para juntar duas músicas em uma, por exemplo, abra cada um dos arquivos desejados no programa Encounter 2003. Selecione com o cursor do mouse o trecho desejado da primeira música, e copie (Ctrl+C). Abra um novo arquivo, e cole (Ctrl+V). Abra a segunda música, selecione o trecho desejado e copie (Ctrl+C). No novo arquivo já aberto, cole o trecho no final (Ctrl+V). Pronto. Salve o arquivo (formato WAV ou MP3), como preferir. Além da opção ‘juntar’, podemos mixar os trechos, retirar pausas na música, corrigir arranhados do CD de áudio original, diminuir e balancear os canais LR, etc. Outras informações sobre edição de áudio, veja http://mediugorie.spaces.live.com/blog/cns!1E5807A6D5723B60!793.entry

Podemos observar que o formato CDR (Corel Draw) não é importado pelo WMM. Portanto, podemos pedir ao autor da imagem que Export para um formato reconhecido pelo editor de vídeo, ou então usar aplicativos visualizadores, como o Microsoft Digital Imaging (informações em http://www.microsoft.com/products/imaging/default.mspx). Após abrir a imagem, copie e cole em outro editor e salve no formato JPG, por exemplo. Desta maneira a imagem estará disponível para importação no WMM.

Como extrair somente a trilha sonora do filme (ou somente a música de um clipe) que está em um DVD???
Obviamente você precisará de uma unidade de DVD instalada no seu computador, e aplicativos como o DVD Audio Ripper (disponível para download em http://baixaki.ig.com.br/download/ImTOO-DVD-Audio-Ripper.htm) ou o BBMPEG (disponível para download em http://www.videohelp.com/tools?tool=bbMPEG)

Efeitos especiais, transições, títulos e créditos
Dentro da seção Edit Movie, encontramos estas opções.
Em ‘View video effects’, alguns modelos são exibidos na área central da janela do WMM para selecionarmos (e aplicarmos se for o caso). Para aplicar um efeito de vídeo, arraste o efeito desejado para a área de ‘Stroyboard’ na parte inferior da janela de trabalho, sobre um vídeo/imagem já adicionado.
Em ‘View video transitions’, exemplos de transição serão mostrados. Para adionar algum deles no seu storyboard, você precisa ter pelo menos duas imagens/vídeo previamente adicionados. A adição da transição será entre um quadro e outro.
Em ‘Make titles or credits’ poderemos adicionar os títulos e créditos ao nosso vídeo editado. E as legendas? Legendas são arquivos auxiliares (como os de extensão SRT) ao filme que contém os textos que devem ser exibidos. O Windows Movie Maker pode inserir legendas ao seu filme sim. Um pequeno tutorial está disponível em http://forum.ievolution.com.br/index.php?showtopic=7468

O Windows Movie Maker é a única opção?
Não, claro que não. Existem outros programas de edição de vídeo, inclusive mais completos que o WMM. E tem até site que permite a edição on-line de vídeos. Veja em http://www.softwarelivreparana.org.br/modules/news/article.php?storyid=1365

Onde copiar o Windows Movie Maker para o meu computador???
Se o seu computador possui Windows XP, mas por algum motivo não possui o Windows Movie Maker, o download pode ser obtido em https://www.microsoft.com/brasil/windowsxp/moviemaker/downloads/moviemaker2.mspx

O Windows Movie Maker não salva MPG???
Para converter o seu vídeo produzido no WMM de AVI para MPG, você precisará de um conversor, como o WinAVI Video Converter. Download disponível em http://www.filehungry.com/portuguese/product/windows_software/multimedia_&_graphics/video_editors/winavi_video_converter_7_1

Categorias:Uncategorized

PC não desliga

9 de fevereiro de 2007 Deixe um comentário
Lembre-se que estas dicas se aplicam a computadores com fonte ATX. Se o seu micro possui fonte AT, o desligamento automático não é possível. Como saber a diferença entre uma fonte AT e ATX? Pelo conector de energia da fonte na placa mãe. O conector AT é uma linha simples de fios. O conector ATX é uma linha dupla de fios no conector com a placa mãe.
Quando você aciona o Iniciar/Desligar, o seu Windows não desliga, ou então a opção Desligar desapareceu, então pode ser:
  1. infecção de algum spyware, como o CMRSS.EXE, MSCXA.EXE, MSGFB.EXE, MSCBC.EXE, MSBDC.EXE ou MSBNP.EXE (todos estes derivados do trojan Dloader-EA);
  2. infecção de algum spyware, como o Cydot;
  3. infecção com vírus de computador;
  4. uso de drivers não reconhecidos pela Microsoft;
  5. uso de alguns programas que travam durante o funcionamento do Windows e permanecem travados (como o Nero, DirectCD, Sound Blaster Live, Easy CD Creator e WinOnCD);
  6. uso de mouse wireless;
  7. reinicialização automática do Windows (para XP e 2000);
  8. ACPI da BIOS do computador (gerenciamento de energia);
  9. configurações locais do computador.

Basicamente estes seriam os motivos principais.

Portanto, vamos as soluções:

  1. execute o Windows Defender ou o SpyBOT 1.4 para remoção destas pragas virtuais;
  2. instale um anti vírus, como o AVG ou use uma versão on-line, como http://housecall.trendmicro.com ou http://www.kaspersky.com para verificar seu computador;
  3. vá em Iniciar/Executar/SIGVERIF e veja quais são os drivers instalados que não possuem a assinatura da Microsoft e não são reconhecidos os fabricantes (no campo correspondente). Encontrando algum, clique para verificar se existe atualização disponível para o driver. Entre na pasta WINDOWS/SYSTEM32/DRIVERS (ou WINNT/SYSTEM32/DRIVERS para Windows 2000) e veja as propriedades de cada um dos drivers existentes, verificando aqueles que não são Microsoft;
  4. se usa algum destes programas de gravação de CD, tente desativar eles do painel ao lado do relógio antes de mandar desligar. Se o micro desligar, então você descobriu que um deles está travando seu Windows. Não carregue ele na inicialização (Iniciar/Executar/MSCONFIG e delete o item que trava; no caso do Windows 2000, execute um MSCONFIG de qualquer outra versão);
  5. use um mouse USB comum (não wireless) e verifique se o problema persiste;
  6. desative a reinicialização automática do Windows, em propriedades do Meu Computador (Win+Pause), Inicialização, desmarque o reiniciar automaticamente em caso de falha do sistema;
  7. desative o gerenciamento de energia do computador. Quando ligar o micro pressione a tecla DEL para entrar no SETUP, e na opção de gerenciamento ACPI deixe como Disabled (desativado). Também acesse o Gerenciador de Dispositivos (Win+Pause, Hardware) e clique no menu Exibir/Mostrar dispositivos ocultos. Se aparecer o item NT Apm/Legacy Interface Node, dê um duplo clique e habilite;
  8. Como administrador, entre em Iniciar/Executar/GPEDIT.MSC
    Localize Configurações do usuário, Modelos Administrativos, Menu Iniciar e Barra de Tarefas, o item ‘Remover e impedir o acesso ao comando Desligar’. Coloque como Desativado.
  9. Executa o comando Iniciar/Executar/REGEDIT/OK. Edite a chave
    HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREMicrosoftWindowsNTCurrentVersionWinlogon
    PowerdownAfterShutdown alterando o valor de 0 para 1

Para quem desejar mais informações, veja http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=35&pg=1

Categorias:Uncategorized