Arquivo

Archive for abril \29\UTC 2010

Recuperação de dados apagados, discos formatados

29 de abril de 2010 Deixe um comentário
Um dos maiores desafios da análise de dados em computadores (seja no seu micro pessoal, seja em um computador empresarial) é a recuperação de dados, arquivos apagados ou discos formatados.
Vamos entender o cenário: deleção acidental, moveu ao invés de copiar, deleção proposital (limpou o cache do navegador, removeu cookies e senhas), formatação desautorizada (tem cliente que faz isto)…
Quando um arquivo é apagado, o que acontece?
* o usuário pede a exclusão (mover para a lixeira ou esvaziar a lixeira);
* o nome do arquivo tem o primeiro caracter substituído por interrogação;
* a partir daí todas as próximas solicitações irão ignorar estes arquivos;
* uma nova gravação de dados NÃO é realizada no local ocupado por um arquivo apagado, mas na área livre existente;
* quando o espaço livre pré-existente acaba, os novos dados são gravados no local dos antigos arquivos (mesmo disco/cilindro/partição/setor/cluster).
.
Como isto não é segredo, algumas pessoas usam softwares do tipo Eraser, que grava novos dados sobre o local dos anteriores, dificultando a recuperação dos dados (teoricamente).
.
Existem softwares que recuperam os dados, como o GetDataBack for NTFS e o WinUtilities (UnDelete), por exemplo. Mas existem alguns detalhes, como o tipo partição (EXT3, FAT16, FAT32 ou NTFS)… e a instalação de um novo aplicativo pode sobrescrever exatamente a área onde estão os arquivos deletados mais importantes.
.
Uma dica é usar o software Recuva – http://www.baixaki.com.br/download/recuva.htm que tem a versão portátil – http://www.baixaki.com.br/download/recuva-portable.htm
.
Vantagens:
* gratuito
* em português
* know-how – mesmo fabricante do famoso CCleaner.
* recuperação de dados que não foram salvos (clicou sem querer no Não, quando fechou o Word, depois de horas de digitação?)
Anúncios

Microsoft lança programa que identifica problemas em PCs

21 de abril de 2010 Deixe um comentário

A Microsoft lançou o programa Fix It Center, criado para que o usuário atue como técnico de seu computador pessoal, localizando e corrigindo problemas que as máquinas possam ter.

Uma versão de testes do programa gratuito está disponível na internet em fixitcenter.support.microsoft.com e promete "ferramentas que ajudem a solucionar os problemas de agora e prevenir os novos".

O Fix It Center escaneia os computadores para diagnosticar e reparar seus problemas, garantiu a companhia.

Na semana passada, a Microsoft anunciou um pacote com 11 atualizações para solucionar 25 falhas relativas aos programas da companhia na terça-feira (13). Cinco das 11 têm caráter urgente.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u723460.shtml

Integrando o Twitter ao PowerPoint

6 de abril de 2010 Deixe um comentário
Há algum tempo, questionei aos meus alunos sobre o que seria possível fazer para integrar Tiwtter, redes sociais em geral, ferramentas da web 2.0 nas aulas de informática. Cerca de 150 alunos (dentre 400) me responderam muitas coisas. E uma delas foi a precursora da idéia que apareceu a seguir…
Um aluno sugeriu que os alunos perguntassem na aula de informática para o professor via Twitter. Faz sentido. Cada dupla de aluno em um computador, e o professor passando slides no datashow sobre a disciplina, e no final, um rápido tira-dúvidas sobre as questões enviadas. Elas poderiam ser enviadas por MP ou por hashtag (sinal sustenido) ou por citação (sinal arroba).
Eis que surge a ferramenta gratuita da empresa SAP. Sim, a maior empresa de sistemas de administração de empresas do mundo desenvolveu uma apresentação em PowerPoint contendo ferramentas para pesquisar no Twitter.
Então, no início da aula, é possível estipular uma hashtag (por exemplo, #duvidasdealunos) e então no final da aula, acessando o slide da SAP, digitar #duvidasdealunos para pesquisar (e exibir no PowerPoint) as dúvidas deles.
O download desta apresentação está disponível em http://www.sapweb20.com/blog/powerpoint-twitter-tools/
Recomendo inserir o slide 4 em outra apresentação sua, por exemplo: abra a sua apresentação, escolha Inserir, Slides de arquivos, selecione o arquivo do download, escolha o slide 4 e clique em Inserir. Durante a aula (ou melhor, ao final da aula), basta digitar a #hashtag combinada e pronto.
Como os alunos gostam de ‘aparecer’ naturalmente para os colegas, e considerando que todos temos dúvidas sobre algo que nos é ensinado (fato), praticamente a turma inteira acaba participando. Seja para ver a dúvida na tela do professor, seja para mostrar para os colegas que ele participou ativamente da aula, seja para aprender algo novo (com a resposta para sua dúvida ou do colega).
Fica a dica…